Toggle

5 Coisas que os Gestores de Sucesso fazem Diferente

 

Que o líder de uma equipe tem influência direta nos resultados de uma companhia é fato. É ele quem direciona, delega e supervisiona as atividades dos demais. Mas o que será que os presidentes das empresas de sucesso fazem diferente? Consultando especialistas, eles apontaram algumas características e atitudes comuns a esses gestores. Veja quais são elas:

1) Nunca estar satisfeito com os resultados

Não é que o presidente não irá reconhecer as conquistas da empresa e do time, nada disso. Trata-se de sempre acreditar que dá para fazer mais, ter novas ideias e novos projetos. "É uma eterna insatisfação", diz Diego Maia, autor do livro "Como ser um gestor de sucesso".

2) Investir em preparação e qualificação constantemente

Conhecimento nunca é demais. E para um bom líder, segundo Maia, buscar ser melhor, mais qualificado, é essencial. "E não se trata só de graduação e cursos formais. Ler livros, jornais, assistir a programas jornalísticos também ajuda muito", exemplifica.

3) Cuidar e proteger seus funcionários

De acordo com o professor da FIA Alfredo Behrens, o presidente de empresa eficiente no Brasil é aquele que conhece e protege seus funcionários. "O brasileiro troca lealdade por proteção. Quando ele sente que o líder se preocupa, ele se dedica até mesmo além do que o seu salário pagaria", diz. "É aquele caso de a pessoa ir trabalhar no domingo, porque quando a mãe estava doente pôde sair mais cedo do trabalho para ficar com ela. E isso acontece sim nas grandes empresas, de maneira informal", completa.

4) Estar próximo da equipe

Para Behrens, esta é uma das principais atitudes que diferenciam líderes extraordiários de outros. "Há muitos gestores que não gostam do povo, que tomam decisões a portas fechadas, com apenas 15 pessoas. Se eles conseguissem delegar mais, passar para dar um beijo, conversar, os funcionários seriam muito mais motivados e não controlados", afirma o professor.

5) Ter humildade para ouvir

Nenhum presidente de empresa é verdadeiramente eficiente se não souber ouvir o seu time. "As decisões que ele toma são baseadas em informações que outras pessoas trazem. O líder precisa ouvir e confiar na equipe, porque ele não tem como checar tudo", afirma a coordenadora do IBMEC Carreiras em Minas Gerais, Fernanda Schröder.

Fonte: www.exame.abril.com.br

Siga-me no Twitter