Toggle

Pesquisa em uma grande rede de Fast Food

 

O tema liderança, atualmente muito enfatizado no meio organizacional, é objeto de estudo de muitos pesquisadores, pois ao passar do tempo, percebeu-se a importância individual do funcionário na organização.

O líder é uma referência para os seus liderados e sua atitude perante eles influencia no comportamento da equipe. HUNTER diz que "Liderança é a habilidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasticamente visando atingir aos objetivos identificados como sendo para o bem comum".

A liderança tem influência na construção e manutenção da cultura organizacional, podendo gerar uma influência positiva ou negativa.

Os níveis de desempenho de uma equipe podem ser influenciados pela cultura organizacional, que segundo a definição de L. Smircich representa o sistema de comportamentos, normas e valores sociais aceitos e partilhados por todos os membros da organização, que de certa forma a tornam única e transmite a forma como os membros da organização se comportam de acordo com o sistema de valores vigente.

Junto com Ana Carolina Vendrasco de Souza e Kaline de Carvalho Sampei, orientei um estudo sobre a relação do estilo de liderança dos gerentes de restaurante e da cultura organizacional com as não conformidades de segurança dos alimentos e rotatividade de pessoal em uma rede de fast food. Todos estes dados pretendo compartilhar nas próximas publicações.

Mas já vou adiantar um pouco da metodologia que utilizamos: foi realizado um estudo transversal analítico em 9 restaurantes de uma rede de fast food do município de São Paulo, região central. A rede de fast food possui 20 restaurantes na região central, sendo que a amostra foi composta por 45% de funcionários com cargos de gerente de restaurante que estavam no comando de um estabelecimento da rede de fast food em questão.

A coleta de dados foi realizada em duas etapas, inicialmente foram respondidos dois questionários, sendo um teste de liderança (composto por 10 questões de múltipla escolha) e um mapeamento de cultura organizacional no mês de março de 2010.

Após essa aplicação foram verificados os resultados do período de novembro de 2009 a abril de 2010 dos check list de segurança dos alimentos nos restaurantes pela responsável técnica. E os índices de rotatividade e entrevistas de desligamento, os quais foram coletados por meio do sistema informatizado da rede de fast food fornecidos pelos gerentes.

Em outro artigo voltarei a falar dos resultados desta pesquisa, conceituando mais o clima organizacional de uma empresa. Acompanhe!

Siga-me no Twitter