Toggle

Adotar um estilo de Liderança é, em algumas abordagens do estudo sobre Liderança, na adaptação do comportamento do líder em relação aos subordinados. O líder avalia a situação e verifica a melhor forma de agir com seus subordinados. Essa forma de agir pode ser estabelecida de três maneiras: o autocrático, o democrático e o liberal.

O autocrático é uma técnica de liderar importante, diferente do que muitos acreditam não ser, e deve ser utilizada em circunstâncias específicas. Ser autocrático não é o mesmo que ser mal educado, ríspido ou grosseiro. Ser autocrático é não fornecer abertura para seu subordinado discutir ou opinar sobre determinado assunto ou situação. É estabelecer, de maneira unilateral, regras ou procedimentos. É ser dominante na interação com os indivíduos e individualista no estabelecimento de planos e metas.

As situações em que este estilo obterá maior eficácia e resultados são:

  • Em momentos de crise ou de urgência nos quais não há tempo para discussões 
ou abertura para opiniões;
  • Se polêmicas começarem a influenciar em uma ação ou em uma decisão a ser 
tomada pelos membros da equipe;
  • Se o excesso de democracia no processo de tomada de decisão ou de mudança 
começar a prejudicar o resultado.

Também é verdade que adotar continuamente um estilo autocrático de liderança pode causar um desgaste muito elevado, tanto para o líder como para a equipe.

Em que situações você acredita ser útil a adoção do estilo autocrático de liderar? E em quais situações não é eficaz este mesmo estilo?
Será que existem determinados tipos de ambientes de empresas onde este estilo é mais eficaz?

Publicado em Blog
Pagina 2 de 2

Siga-me no Twitter