Toggle

Ganhar uma promoção na carreira profissional é algo muito desejado pela maioria das pessoas. Geralmente, ela se torna uma meta, um sonho, onde é necessário "suar a camisa" para alcançá-la.

Se você está trabalhando para que isso aconteça, saiba que algumas atitudes podem te deixar mais distante ou bem mais próximo da tão sonhada promoção.

Hoje daremos dicas importantes para que você alcance o seu objetivo. Veja:

Se autopromova: Alguns profissionais têm dificuldades em demonstrar seus talentos. Então esteja atento e procure fazer com que as pessoas percebam suas habilidades.

Seja claro: Demonstre ao seu líder que você busca e deseja ser promovido. Converse com ele e fale sobre seus objetivos e o porquê de ser merecedor da promoção.

Trabalhe arduamente: Depois de deixar claro o seu desejo, está na hora de mostrar resultados. Se você perceber que suas atitudes não estão em harmonia com seu objetivo final, comece a mudar.

Tenha um bom relacionamento com seu líder e equipe: Claro que seu líder quer resultados, mas manter um bom relacionamento interpessoal com ele e com seus colegas de trabalho, poderá te ajudar ainda mais. Mostre o quanto a empresa e sua equipe poderão contar com você.

Seja proativo: Vá além de suas responsabilidades principais. Demonstre isso sendo proativo, indo além. Não espere ordens, utilize toda autonomia que lhe foi dada para focar em soluções.

Positividade: Ninguém gosta de uma pessoa murmuradora, que vê dificuldades em tudo. Então seja positivo. Procure enxergar as oportunidades que aparecerem e aprenda com todas as situações que enfrentar. Foque no positivo.

Fonte: www.ibccoaching.com.br

Publicado em Blog
Terça, 14 Janeiro 2014 09:31

Como Alcançar seus Objetivos em 2014

Um novo ano está chegando, mais um ciclo se encerra para outro começar. Este também é um momento bastante oportuno para fazer sua própria retrospectiva, listar suas conquistas e tudo aquilo que ainda deseja realizar nos próximos 365 dias.

Ao fazer este levantamento você poderá visualizar melhor as ações que o levaram a alcançar suas metas e objetivos, como também os pontos que precisam ser melhorados para que os planos não realizados possam ser concluídos, com êxito, neste ano novo.
Neste sentido, separei algumas dicas poderosas para você alcançar seus objetivos e metas para 2014. Confira!

1. Planeje – Com suas metas de ano novo bem definidas é possível planejar com assertividade as ações que o levarão a alcançar o estado desejado.
Se, por exemplo, você deseja uma promoção no trabalho ou fazer um curso de aperfeiçoamento no exterior, identifique quais pontos precisa melhorar profissionalmente ou de quanto precisa economizar para fazer tal investimento.

2. Mantenha o foco – Fazer uma lista enorme e não cumprir nenhum dos itens não adianta nada. Eleja prioridades e mantenha-se focado em realizar o que é mais importante para você.
Outras dicas poderosas são focar em realizar uma coisa de cada vez e lembrar-se sempre que dedicação ao seu objetivo é fundamental para alcançar o sucesso.

3. Estabeleça metas realistas – Que tal emagrecer 20 quilos num mês sem cuidar da alimentação ou fazer exercícios físicos? Seria o máximo, mas este milagre não existe.
Para não frustrar-se e desistir na primeira tentativa, estabeleça metas que você pode cumprir e de forma congruente com suas possibilidades.

4. Conheça seus pontos fortes e os de melhoria – No que eu sou muito bom e no que eu ainda preciso melhorar? Está é uma pergunta – chave no processo de construção de seus resultados. Então, procure o autoconhecimento, busque evidenciar suas qualidades e eliminar aspectos de seu comportamento que podem sabotar seus planos.

5. Seja persistente – Com certeza ao longo de seu caminho você encontrará dificultadores, entretanto, mantenha-se firme, pois nestes momentos é preciso ser persistente e não desistir. Seja estrategista e encontre as melhores maneiras de superar seus obstáculos.

6. Cuide bem do seu tempo – Com a correria do dia a dia, conciliar o tempo no trabalho com sua vida pessoal se torna cada vez mais complicado. Ainda assim, gerencie seu tempo de forma a deixar espaço para suas realizações e atividades pessoais. Isso é extremamente necessário para manter-se equilibrado e alcançar bons resultados.

7. Seja otimista – Que tal assumir uma postura mais positiva em relação a si mesmo e à vida? Pessoas com este perfil são mais propícias a alcançar o sucesso, pois mesmo em momentos de dificuldades conseguem enxergar oportunidades para superá-las e crescer.

8. Invista em seu aprimoramento – Leia mais, assista a filmes, vá ao teatro, ouça músicas, faça cursos de aperfeiçoamento e enriqueça-se de novos conhecimentos. Isso é importante para agregar novas experiências, ampliar sua percepção de mundo, manter-se atualizado, conhecer assuntos e pessoas interessantes e estimular sua criatividade.

9. Cuide da sua saúde – Em 2014, que tal encontrar um tempo para fazer atividades físicas? Além de manter seu corpo saudável, uma boa autoestima, os exercícios também influenciam positivamente sua disposição, aumentam o bem-estar e estimulam a memória.

10. Comemore suas conquistas – A cada novo resultado, comemore seu êxito, pois isso valoriza seus esforços para alcançar aquele resultado. Isso é muito importante para manter-se focado e lembrar-se de como é recompensador a dedicação aos seus objetivos.

Aproveite as dicas e faça de 2014 o melhor ano de sua vida!

Fonte: www.ibccoaching.com.br

Publicado em Blog
Terça, 10 Dezembro 2013 00:00

Desperte a Sua Criatividade

A criatividade é algo inerente ao ser humano. Ela está associada à habilidade de produzir, de inovar, se diferenciando dos meios comuns ou tradicionais. Hoje, o mercado de trabalho procura por profissionais criativos.

São pessoas que "pensam fora da caixa" e estão dispostas a encarar desafios. Se você não se considera criativo, não se preocupe, sempre podemos desenvolver novas possibilidades. Portanto, sua criatividade poderá ser trabalhada e desenvolvida a fim de que possa trazer benefícios para sua vida pessoal e, principalmente, profissional.

Quando se investe no desenvolvimento dessa habilidade, além da ampliação de conhecimento, a capacidade de potencializar bons resultados será maior. É importante destacar que a criatividade não é usada apenas para desenvolver um produto novo ou algo mirabolante. Ela pode ser utilizada para lidar com mudanças, solucionar problemas, lidar com situações difíceis, tomadas de decisões, enfim, rotinas do dia a dia.

Veja algumas dicas para desenvolver e potencializar a sua criatividade:

Faça perguntas: Busque entender o porquê das coisas. Quando algo ou situação lhe for apresentada, procure enxergar diversos caminhos para chegar a uma solução.

Aceite opiniões: Procure ouvir mais as pessoas ao seu redor. Algumas poderão te fazer enxergar fatos que até então não tinha passado pela sua cabeça.

Não descarte alguma ideia, mesmo que pareça boba. Você poderá ordenar seus pensamentos e uma hora ela poderá ser utilizada de maneira oportuna.

Seja otimista: O bom humor tem influência positiva na criatividade. Pessoas positivas conseguem encontrar soluções de uma forma mais efetiva, pois não perdem o foco.

Pratique exercícios físicos: Eles podem auxiliar a criatividade, pois estão relacionados com produtividade e trazem grandes ganhos ao cérebro.

Ouça sua intuição: De acordo com o neurologista Leandro Teles, a intuição é função cerebral guiada por experiências nem sempre conscientes. Pessoas criativas exercitam, valorizam e expressam suas intuições.

Com bom senso, dê vazão às sensações pouco ancoradas na lógica e na razão.

Fonte: www.ibccoaching.com.br
Foto: Reprodução 

Publicado em Blog

Muitos empreendedores gostariam de estimular uma maior participação de seus funcionários na gestão do negócio, mas têm medo que com isso ouçam também críticas e reclamações.

Pessoas comprometidas, dedicadas e que querem contribuir dão muitas sugestões, participam intensamente do dia a dia da empresa e, claro, reclamam do que acham estar errado, dando chances de melhorias contínuas nos processos da empresa.

Pequenas empresas, que têm estruturas enxutas, dependem ainda mais desta participação efetiva de toda sua equipe. Portanto, uma tarefa essencial do gestor é assegurar a livre circulação de ideias por toda a companhia, já que as melhores contribuições surgem em ambientes participativos. Veja seis dicas para estimular a participação de seus funcionários.

1. Esteja disponível para ouvir: Líderes dispostos a ouvir sugestões estão sempre aprendendo algo novo, sem ter a obrigação de aceitar tudo que ouvem.

2. Valorize opiniões divergentes: Analise e debata as diferentes opiniões sobre um mesmo assunto. As pessoas se sentem valorizadas quando suas ideias e opiniões são debatidas, o que estimula uma participação mais intensa de todos.

3. Estimule sugestões de melhorias: Tenha um e-mail exclusivo para receber sugestões, além de uma reunião mensal para debater e implementar as melhores.

4. Premie as melhores sugestões: Faça concursos da melhor sugestão do trimestre, por exemplo, e premie através de pequenas quantias em dinheiro, um dia extra de folga ou treinamentos especiais aos ganhadores.

5. Aceite críticas: Críticas são muito bem vindas, quando melhoram os processos. Aceitar críticas construtivas faz parte do processo de aumento da confiança interna.

6. Dê o exemplo: Se você for um entusiasta da participação em debates, as pessoas aos poucos irão seguir o mesmo caminho.

Para ter sucesso duradouro a empresa precisa estimular a livre comunicação, já que um dos fatores que mais motivam as pessoas é dar-lhes a chance de utilizar seu potencial máximo de contribuição.

Fonte: www.exame.abril.com.br

Publicado em Blog
Terça, 24 Setembro 2013 16:32

Como se Automotivar em Qualquer Ambiente

"Antes de mais nada, fica estabelecido que ninguém vai tirar meu bom humor". A frase do escritor Fernando Sabino traduz o funcionamento de uma pessoa automotivada. Enquanto os colegas reclamam do salário, que é muito baixo, do chefe, que é injusto, do rapaz que senta ao lado, que quer lhe passar a perna, do concorrente, que inovou de novo, ou do cliente, que exige demais, o automotivado, em geral, segue animado com suas atividades.

Segundo a conselheira de carreira Karin Parodi, presidente da Career Center, esta característica está ligada ao perfil da pessoa. "Quem é assim naturalmente vê as coisas por um ângulo mais positivo", diz ela. "Tem vontade de se superar, de correr riscos calculados, de celebrar as vitórias, aprender com os erros e continuar tentando", afirma.

Estar motivado quando trabalha no que gosta ou está rodeado por profissionais inspiradores é fácil. Difícil é manter o bom humor e a disposição mesmo a despeito de circunstâncias adversas.

Difícil, mas possível. Porque se vontade e iniciativa são características básicas da automotivação, você pode decidir desenvolver esses aspectos porque quer. O primeiro a ganhar com isso é você mesmo. Afinal, é o seu esforço, o seu tempo e a sua vida diária que estão em jogo.

Em vez de ficar esperando que a empresa implemente novas técnicas de motivação para a equipe, aqui vão algumas dicas para você tomar as rédeas da sua relação com o trabalho hoje mesmo.

1. Descubra como funciona a sua engrenagem

Para ter noções de autoconhecimento, você não precisa necessariamente sair em busca de um terapeuta. Simplesmente vire suas antenas para você. Na prática, isso significa tirar um pouco do foco dos outros, do mercado, da lista de tarefas... para entender como você se sente diante de cada um desses itens. Se souber que tipo de situação gera que tipo de sentimento e reação em você, pode escolher melhor as brigas que quer comprar – e aquelas que é melhor evitar.

Tente ver as situações como se fosse o sujeito fosse um amigo – e não você mesmo. Aos poucos, vai começar a reconhecer também as tarefas que são fáceis para você, as que lhe são custosas e o que você tem prazer em fazer. "Só é possível ser uma automotivado se a pessoa tem autoconhecimento. Tem muita gente infeliz no trabalho simplesmente porque não sabe o que gosta, no que é bom e fica insistindo em atividades que não têm nada a ver com seu perfil", diz Karin Parodi.

2. Seja disciplinado

Quanto mais disciplina, mais liberdade sentirá o profissional, segundo Gilberto Cavicchioli, professor dos cursos de pós-graduação e MBA em Gestão de Pessoas, na ESPM e na Fundação Getúlio Vargas. E a sensação de liberdade, por sua vez, é um dos combustíveis para a motivação no trabalho.

Hoje, muitas empresas oferecem mais autonomia aos funcionários, como horários flexíveis e a possibilidade de trabalhar de casa. Proporcionalmente, aumenta a necessidade de o profissional se comprometer com suas tarefas por iniciativa própria. "Pessoas disciplinadas costumam ter mais controle de seu tempo e suas atividades. Assumem mais responsabilidades e são donas de seu trabalho, consequentemente, se motivam mais por conta própria".

3. Tenha um planejamento

Uma pessoa automotivada não espera apenas as metas lhe serem impostas, ela mesma as cria algumas para si, segundo Karin Parodi. "Elas traçam planos", afirma. Assim, mesmo que esteja em um momento profissional ruim, consegue ver o todo, desenhar um futuro melhor e elaborar um caminho para alcançá-lo.

A sugestão é agir como se fosse seu chefe, criando metas e planejamentos de curto, médio e longo prazo para si mesmo.

O professor Gilberto Cavicchioli diz que todas as pessoas automotivadas que conhece fazem listas de metas a serem alcançadas, pessoal e profissionalmente. "Escreva tudo o quer conquistar no semestre ou no ano e deixe em algum lugar visível no seu ambiente de trabalho". A ideia é que o lembrete sirva de inspiração e de guia, para que suas atitudes cotidianas estejam alinhadas com aquelas ambições.

4. Tire as ideias do papel

O planejamento é um meio, e não um fim. No momento seguinte à sua elaboração, execute-o. Realizar alimenta a automotivação. "Quando acerta, o automotivado sabe comemorar. Se erra, aprende alguma coisa", diz Karin Parodi. A sugestão é arriscar-se independentemente do resultado, em vez de paralisar no "mas e se...".

5. Espere pelo erro

Se quiser manter sua automotivação, persistência e resiliência são duas palavras com as quais deve se acostumar. Pessoas e acontecimentos na contramão de seus planos fazem parte da rotina. O mérito é manter-se motivado apesar deles.

Um caminho é evitar expectativas. Não espere o reconhecimento do chefe nem pelo bom-senso de um colega. Não espere nem estar certo em suas observações. "Ou muda-se os fatos (o que não está no nosso controle) ou mudamos a forma de encará-los. Isso, sim, podemos controlar", diz Gilberto Cavicchioli.

6. Sua vida não é só trabalho

Uma maneira de aumentar o rendimento de sua motivação é ampliar sua carteira de investimentos. Se o trabalho é sua única fonte de felicidade, são grandes as chances de algo não sair como o planejado e você sentir que perdeu tempo e energia. "As pessoas mais motivadas fazem atividades de outras áreas além do trabalho, sejam técnicas, como uma pós-graduação, sejam físicas, como um esporte, sejam ligadas à espiritualidade e à mente, como meditação", diz Cavicchioli.

É a velha discussão sobre equilíbrio entre as áreas profissional e pessoal. Imagine que sua vida é uma pizza e que cada pedaço é um departamento. A carreira é uma parte dela. As outras podem ser família, lazer, esporte, viagem... Se investir em várias fontes de satisfação, mesmo que as coisas no trabalho não vão bem por um período, você poderá tirar energia e vontade de outro lugar para seguir firme, forte e motivado.

Fonte: www.epocanegocios.globo.com

Publicado em Blog

Siga-me no Twitter